top of page
  • Foto do escritorGUIA MIRAI

MG: MÉDICO E ADVOGADA SÃO INVESTIGADOS POR VENDA DE ATESTADOS A PRESIDIÁRIOS


Um médico e uma advogada de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, estão sendo investigados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e pela Polícia Civil de Minas Gerais suspeitos de vender atestados médicos falsos para presidiários locais.


De acordo com informações dos órgãos, a “Operação Erro Médico” foi deflagrada nesta quinta-feira (8). Além do médico e da advogada, outras três pessoas são investigadas.


Os suspeitos estariam fornecendo atestados falsos com o intuito de ajudar os presos a conseguirem benefícios. A ação também contou com a participação da Polícia Militar de Minas Gerais.


Ao todo, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão no município. O caso continuará sendo investigado. Nenhuma pessoa foi presa até o momento.




GUIA MIRAI por




Comments


bottom of page