top of page
  • Foto do escritorGUIA MIRAI

FUZIS, CARROS DE LUXO E ATÉ AERONAVE: POLICIAL DE MG É SUSPEITO DE CORRUPÇÃO, LAVAGEM DE DINHEIRO E OUTROS CRIMES



Servidor público da Civil de Ubá, teria adquirido diversos bens de luxo com valores desproporcionais à evolução do patrimônio dele. Operação 'Segurança Máxima' foi realizada nesta quarta-feira (28) em cidades da Zona da Mata mineira e no Espírito Santo.



Um policial civil de Minas Gerais, de nome não informado, foi alvo da Operação “Segurança Máxima”, que apura a prática de crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro, constituição de milícia privada e outros.


Ao todo, nesta quarta-feira (28), foram cumpridos 12 mandados judiciais, dentre eles 8 de busca e apreensão e afastamento do cargo público, em Ubá, Guidoval e Guarapari (ES).


Durante as diligências, os investigadores apreenderam diversos dispositivos eletrônicos, documentos, veículos de luxo, valores em dinheiro, munições, armas de fogo, inclusive, fuzis e até uma aeronave.


Segundo as investigações, ainda em andamento, o policial civil lotado na Delegacia Regional de Ubá, em conjunto com outras pessoas, inclusive agentes públicos da área de segurança, adquiriu diversos bens de luxo com valores desproporcionais à evolução do patrimônio dele.


Participaram da operação 10 promotores de justiça, 11 delegados de polícia, aproximadamente 50 policiais civis, 4 auditores-fiscais e servidores do Ministério Publico dos Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo.



GUIA MIRAI

(por G1 Zona da Mata)

תגובות


bottom of page