top of page
  • Foto do escritorGUIA MIRAI

ESTELIONATÁRIO TENTA APLICAR GOLPE DA COMIDA ESTRAGADA EM RESTAURANTES DA REGIÃO


Donos de restaurantes de Cataguases e região estão sendo alvo do golpe da comida estragada. O objetivo do estelionatário é convencer as vítimas que pessoas tiveram intoxicação alimentar e foram internadas após se alimentarem naquele estabelecimento. Em seguida, pedem dinheiro para não levarem o caso à justiça ou para a imprensa. Uma dessas vítimas procurou o Site do Marcelo Lopes e contou o caso em detalhes. Seu nome e de seu estabelecimento não serão revelados.


Nos últimos dias, comerciantes do setor de alimentação, não apenas restaurantes, mas padarias e lanchonetes de Cataguases, Ubá e de Muriaé foram abordados pela mesma pessoa, que se identificou como Nelson e usava o mesmo número de telefone com DDD 32. De acordo com a vítima que conversou com a reportagem, ele só teve certeza de que se tratava de um golpe, após vinte minutos de conversa ao telefone, quando encerrou a ligação.


O golpe funciona da seguinte maneira: o estelionatário se identifica como familiar da vítima que fez uma refeição no restaurante e que está internado em decorrência de uma suposta intoxicação alimentar e precisa de ajuda para comprar medicamentos. O pedido de dinheiro, porém, só é feito no final de uma longa conversa em que ele expõe com riqueza de detalhes – demonstrando muito conhecimento técnico e alto poder de convencimento – os riscos que uma pessoa corre por ingerir alimentos estragados.


Os valores pedidos pelo estelionatário variam, mas a forma de agir é sempre a mesma, revelou a vítima que descobriu outros colegas que quase perderam dinheiro para o bandido. No caso desta fonte que conversou com a reportagem o valor foi R$ 350. E só não veio acompanhado de ameaças de tornar o caso público através da imprensa e do acionamento da justiça porque desligou o telefone assim que percebeu tratar-se de golpe.


Até o momento não há informações de que algum estabelecimento da região tenha caído no golpe, mas é bom ficar atento, acrescentou o informante.


GUIA MIRAI

(por Marcelo Lopes)


Comments


bottom of page