top of page
  • Foto do escritorGUIA MIRAI

DUAS CRIANÇAS FICAM FERIDAS APÓS ADOLESCENTE ATACAR ESCOLA NO INTERIOR DO CEARÁ

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, as vítimas são duas meninas de nove anos, e o suspeito é um estudante do 9º ano do ensino fundamental da mesma escola. O caso aconteceu em Farias Brito.



Duas estudantes de nove anos ficaram feridas após serem atacadas por um aluno da mesma escola, nesta quarta-feira (12), na zona rural de Farias Brito, no Cariri do Ceará. O suspeito da agressão é um adolescente de 14 anos do 9º ano do ensino fundamental da instituição. Ele foi apreendido pela polícia.


As alunas do 4º ano do ensino fundamental foram atingidas por objeto cortante. De acordo com a prefeitura, uma das meninas teve uma lesão superficial na parte de trás da cabeça, foi encaminhada para o hospital e já teve alta. A outra aluna teve uma lesão profunda frontal, com exposição do crânio. Segundo a gestão municipal, ela foi transferida para um hospital em Barbalha, cidade da região do Cariri, está com sinais vitais preservados e estado geral estável.


De acordo com o Hospital Santo Antônio, para onde ela foi transferida, a estudante encontra-se na UTI pediátrica, realiza exames e deve passar por cirurgia ainda na noite desta quarta.


Júnior Almeida, secretário de Educação do município, informou que as aulas foram suspensas pelos próximos dois dias. Ele disse ainda que o ataque aconteceu durante o período de aulas, no início da tarde, quando os alunos estavam nas próprias salas.


A Secretaria da Segurança Pública do Ceará confirmou que o adolescente apreendido pela polícia é suspeito de ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio. Ele foi encaminhado para a Delegacia Regional do Crato.


A prefeitura de Farias Brito afirma que disponibilizou profissionais para auxiliar as vítimas e familiares, como agentes da assistência social, psicólogos, psiquiatras, e atendimento médico.


Governador lamenta

O governador Elmano de Freitas que está em viagem à China lamentou o ataque à escola e disse que o governo vai dispor do que for necessário para apoiar o município e as famílias. A mensagem foi publicada nas redes sociais na noite desta quarta-feira (12).


"Reforço que nossas equipes das secretarias da Segurança e da Educação têm trabalhado em conjunto para identificar possíveis situações suspeitas de violência, inclusive perfis em redes sociais. A Secretaria da Proteção Social está atuando no apoio psicossocial às famílias das vítimas, a quem expresso minha solidariedade pelo ocorrido. Escola é lugar de aprendizado e de paz!", escreveu.


Mais cedo, a governadora em exercício do Ceará, Jade Romero, lamentou o caso nas redes sociais. Ela está à frente do Executivo estadual enquanto o governador Elmano de Freitas está em viagem para a China com o presidente Lula.


"Recebi com preocupação a notícia de um episódio de violência ocorrido numa escola municipal na zona rural de Farias Brito, no Cariri, que deixou duas crianças feridas. Estou acompanhando o caso, inclusive mobilizando nossos secretários, e conversei por telefone com o prefeito Deda Pereira para oferecer o apoio que for necessário pelo Estado. Expresso minha solidariedade às famílias", disse Jade Romero.


A gestão municipal também lamentou o ocorrido e disse se solidarizar com as famílias das vítimas. Em comunicado, disse que está tomando todas as medidas necessárias para apurar o caso.


“A escola adotou imediatamente as medidas disciplinares cabíveis para o aluno agressor, e também está prestando assistência aos envolvidos, oferecendo acompanhamento psicológico e médico para as vítimas e para a família”, afirmou em nota.


“Ressaltamos que a segurança dos alunos é uma prioridade para a administração municipal e que estamos trabalhando para garantir que todas as escolas municipais tenham um ambiente seguro e acolhedor para os estudantes”.


Nas redes sociais pessoais, o prefeito Deda Pereira também lamentou o caso. "É com grande pesar que me dirijo a vocês hoje para expressar minha profunda solidariedade em relação ao incidente ocorrido na Escola Isaac de Alcântara, na zona rural de nosso município", disse o gestor.


"Desde que tomei conhecimento do ocorrido, tenho trabalhado incansavelmente, junto a toda nossa equipe, para garantir que todas as vítimas e suas famílias recebam o apoio e a assistência de que precisam neste momento difícil", complementou o prefeito de Farias Brito.


Ele disse ainda que entrou em contato com a governadora em exercício solicitando uma reunião para traçar um plano segurança nas escolas do município ainda nesta quinta-feira (13).


GUIA MIRAI por G1 Ceará


Comments


bottom of page